domingo, 9 de outubro de 2011

Vitória suada do juvenil do Gama

Manhã quente no Centro de Treinamento do Gama. A partida juvenil Gama X Madureira levava a campo duas realidades diferentes: o Gama que estreava na segunda fase e o Madureira, que tentava sua reabilitação, após ser derrotado pelo São Sebastião na primeira rodada.

Árbitro Daniel Carvalho e capitães juvenis

O jogo foi movimentadíssimo e os donos da casa tiveram um volume de jogo muito superior durante toda a partida. Chegou muitas e muitas vezes ao gol do adverário, inclusive colocando bola na trave.

Jogo truncado, brigado, mas com volume maior da equipe do Gama.


Aos 18 minutos do segundo tempo, o atacante do Gama e invadiu e foi derrubado... penalty! Neto teve que chutar duas vezes para marcar; no primeiro, o goleiro defendeu, mas Neto, atento, completou para o gol e fez o único da partida; pelo menos o único validado pela arbitragem.

No intervalo, fato curioso: o árbitro da partida, Daniel Carvalho sentiu a panturrilha e teve que ser substituído por Valdecir Silva, que apitou a o jogo infantil e teve que correr mais um tempo.

No último lance do jogo, aos 4 minutos de acréscimos, o lance polêmico que calou a torcida e a comissão técnica gamese por alguns segundos e que, logo depois, gerou discussão e revolta na comissão técnica do visitante . Madureira rouba a bola no meio de campo, lança o atacante que faz um belo gol por cobertura. O bandeira marcou o impedimento e o árbitro anulou o que seria o gol de empate do Madureira.

Abaixo as falas dos técnico Gabriel, do Gama, e Mauro, do Madureira:



Final Gama: 1x0 Madureira, suado e dramático.

3 comentários:

  1. Bom dia a todos do Bsb 2014, Depois de uma partida aonde tivemos o domínio do começo ao fim, me deparo com uma entrevista do treinador afirmando que a SOCIEDADE ESPORTIVA DO GAMA e beneficiada pela arbitragem da competição. Digo em nome da minha equipe que isso é simplismente uma Inverdade. O jogo foi normal a arbitragem conduziu bem a partida. Foram dados 4 impedimentos contra a minha equipe e somente um a favor. Esse ano perdemos uma partida com uma arbitragem horrível no CT para o CTFAO e nem por isso vim a meios públicos questionar os méritos do adverssário. Um forte abraço a todos e não podemos nunca menosprezar os atletas e os profissionais que trabalham em outras equipes jogando a culpa da derrota em uma arbitragem sendo que não houve nenhum tipo de lança polemico ao meu ver. Abraço a todos.
    Ass; Gabriel mgalhães

    ResponderExcluir
  2. o gol foi no segundo tempo =)

    ResponderExcluir
  3. É verdade, Huguiin,

    o gol foi no segundo tempo. Obrigado pela observação.

    Abraço.
    Luciano Villalba

    ResponderExcluir

Caro(a) leitor(a),

Seu comentário é sempre bem-vindo e será publicado se estiver devidamente registrado com seu seu nome, sobrenome e e-mail.
Comentários com ofensas pessoais e/ou palavrões ou mesmo não referentes à notícia publicada não serão postados.

Abraço.
Luciano Villalba
BSB 2014