domingo, 20 de novembro de 2011

Sobradinhense 1x1 Planaltina, o jogo de futebol

Atletas lutando pela bola, como deve ser.

O domínio do primeiro foi do time visitante, que perdeu, no mínimo, seis oportunidades de gol, principalmente com chutes do artilheiro do Planaltina, o forte Arthur. Mas não era dia dele. Foi até substituído no 2º tempo.
Mas como o que conta no futebol é gol, o artilheiro Ranyelle tratou de responder o domínio e as faltas duras cometidas pelo Planaltina com o que a torcida gosta de ver: gol. No final do primeiro tempo, o novo artilheiro do Candanguinho Juvenil, com 10 gols, bateu no canto esquerdo do goleiro e foi pra galera. Final de 1º tempo: Sobradinhense 1x0.

O segundo tempo seria ainda mais tenso. O Planaltina começou pressionando e o técnico Elio Jr, mexeu na sua zaga —  segundo o técnico, o zagueiro Jean, que volta aos pouos de uma lesão e começou jogando, pediu para sair e, em seu lugar, entrou Geovani.

Mas foi por ali que Ruan, mais esperto que a zaga do Sobradinhense, abriu pra esquerda, ganhou do zagueiro e bateu forte para vencer o goleiro Hudson, que tinha fechado o gol no primeiro tempo. Sobradinhense 1X1 Planaltina.

O gol inflamou atletas, comissões e torcida. Jogadas duras que não tinham sido punidas no 1º tempo, dessa vez viram cartões amarelos para os dois times e dois vermelhos para o Planaltina.
A equipe do Planaltina, se achando injustiçada, reclamava veementemente da arbitragem, e o final mesmo foi o empate em 1x1 que classificou o Sobradinhense para a final juvenil do Candanguinho Juvenill 2011.

Um comentário:

  1. Caro amigo Luciano, por uma questão de justiça, farei um comentário a sua matéria. Conversei com o meu filho em casa, e ele me afirmou que jamais pediu pra sair do jogo, pelo contrário, lamentou ter sido substituido. Conheço meu filho, sei que ele é gurreiro, nunca amarelou e nunca vai amarelar em jogos decisivos. Tu és testemunha de como ele foi de fundamental importância para essa partida, pois salvou um gol quase feito e deu o passe para o Ranyelle marcar. Se o técnico falou isso, errou em dobro, errou quando tirou o Jean e errou também te passando essa informação que não condiz com a verdade. Um erro não justifica outro. Um grande abraço.
    Jair Castelo Branco

    ResponderExcluir

Caro(a) leitor(a),

Seu comentário é sempre bem-vindo e será publicado se estiver devidamente registrado com seu seu nome, sobrenome e e-mail.
Comentários com ofensas pessoais e/ou palavrões ou mesmo não referentes à notícia publicada não serão postados.

Abraço.
Luciano Villalba
BSB 2014